Religião e politica se misturam?


Não.Religião não pode influenciar a politica porque a politica tem que ajudar toda a população e não só um grupo religioso ou varios grupos,ja que nem todos são religiosos ou tem a mesma religião.

Religião e política são assuntos que muitos não preferem opinar devido ao grande número de criticas e opiniões adversas sobre o assunto, mas algo que aconteceu atualmente nessas eleições de forma mais descarada foi à presença da religião na política. Mas isto sempre existiu no Brasil desde o seu descobrimento e da sua vida política esta presente a religião ,pode ser pelo fato do  pais ter o maior numero de católicos ,mas algo que a própria religião acaba afetando são os assuntos que envolve a população e a saúde publica e entre outras coisas.

Uma das coisas que é defendida na democracia atual que a religião e o estado “não se misturam”, mas aqui esta cada vez mais misturada, eu, por exemplo, não duvido que daqui a algum tempo não exista cota para evangélico ou outra religião em algum cargo publico, faculdade e etc., o ateísmo esta crescendo, mas o preconceito em volta da pessoa ser ateu é tão grande quanto a um estuprador ou “satanista”, e que muitos esquecem que a sua grande maioria cumpre o seu dever a sociedade sem prejudicar a lei e ajuda a própria população a refletir o que esta errado durante a grande manipulação da igreja atualmente que influencia em tudo.

Bom muitos poderá criticar o assunto citado neste post devido a sua grande influencia religiosa, mas não podem esquecer de que os “falsos profetas” estão ai cada vez mais influente e cada vez mais dominante sobre a política nacional.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Religião e politica se misturam?

  1. joao vitor disse:

    eu concordo to fazendo um trabalho sobre isso só do 7 ano só cristão minha escola e crista eu acho q nada se mistura pois e a mesma coisa mistura álcool com gasolina fogo com álcool não da certo assim a politica e religião .
    obrigado

  2. Jamais concordaria ajuntar a mentira com a verdade, a politica só promessas enganosas, religião promessas bíblicas e nesse caso não se misturam. Não digo que a mistura gasolina e álcool, mas sim da mistura da água com o óleo não da liga! Paz e agradeço.

  3. Osmar disse:

    Só pela gramática (regência, concordância verbal e nominal, pontuação,…), percebe-se que é este é um texto ginasial. Toda Lei decretada e toda decisão feita é baseada em algum sistema moral. Toda moralidade é baseada em uma religião. Assim, quem disse que política e religião não se misturam? Isso veio de doutrinas filosóficas e ideológicas (luminismo, Positivismo, Socialismo, …). A Bíblia diz: “Não furtarás”. Esta é a base das leis contra o roubo. A Bíblia diz: “Não levantará falso testemunho.”
    Esta é a base das leis contra difamação e calúnia. Sendo assim, responda-me:
    1) Por que uma doutrina religiosa é inferior a uma doutrina filosófica/Ideológica?
    2) É impróprio misturar doutrina religiosa com política, mas misturar doutrina ideológica com política pode?
    3) Na política, dizer que é pastor ou padre é impróprio? E dizer que é socialista não é imoral!?
    4) Quem disse que os religiosos querem que o Estado cuide deles ou os use como cobais?
    5) Por que e quem disse que líderes religiosos não podem influenciar no Estado? Socialistas e comunistas, podem?

    Atualmente, é comum que doutrinas filosóficas/ideológicas proibindo doutrinas religiosas e líderes religiosos de interferirem no estado/política com a ideia de que eliminando a interferência da religião, a sociedade irá melhorar de alguma forma. Só que essa ideia surgiu de ideologias. Pois bem, agora e se fosse o contrário? Seria um escândalo, né? Pois é! Por que isso? Por que doutrinas religiosas é inferior a doutrinas filosóficas/ideológicas? Não vem com essa de que a doutrinas religiosas não são racionais ou não são científicas. No caso da doutrina científica no uso da ciência para mudar a sociedade “para melhor” para o “bem comum”, qual é o argumento científico para se utilizar a ciência na sociedade e transformando os indivíduos que a compõe como instrumentos experiências científicas-sociais? Quem disse que nós queremos isso, que o Estado nos use como cobaias? Porque das últimas vezes que o Estado tentou usar pessoas como cobais, vieram revoluções com a Francesa e milhares de matanças; veio o Fascismo, Nazismo, Socialismo na União Soviética,.. E não venha dizer que o socialismo é científico, porque a ideia de usar a ciência na sociedade provém de um ideal de uma sociedade melhor, o qual provém de uma doutrina ideológica que tem como objetivo a abstração de uma sociedade melhor.

    Então chega de repetir que líderes religiosos não podem influenciar no Estado! PARE COM ESSA HIPOCRISIA, porque essa ideia vem de um ideal abstrato e não científico ou racional! Você não consegue explicar isso de forma racional e justificar a sociedade como um todo. E você também não saber se a sociedade como um todo quer isso. Logo, não se pode impor isso! A sociedade não é uma amostra, são seres humanos. Você não é de uma casta superior para decidir quem vai ser instrumento de pesquisa.

    Pára com essa ideia de querer proibir só a doutrina religiosa. Por que você é tão contra a doutrina religiosa? As doutrinas ideológicas e políticas que são contra as doutrinas religiosas são contra porque essas tiram o poder do Estado, descentralizam o poder, e elas ajudam os mais pobres a saírem da base da pirâmide social, enquanto o Estado precisam manter essas pessoas nessa base para que elas sempre dependam de um programa de assistencialismo. É por isso, porque a religião contesta o poder absoluto do Estado. Crer que só o Estado deve tomar decisões centralizadas também provem duma ideia doutrinária ideológica.

    Pode ver que as doutrinas ideológicas e filosóficas quando prevalecem às doutrinas religiosas, essas pessoas quando tomam conta do Estado, elas transformam aquele ambiente em um ambiente de doutrinação das crianças onde elas vão aprender suas abstrações e suas verdades absolutas. Eu acredito em verdades absolutas! Mas o pessoal acredita no relativismo (é o famoso “politicamente correto” que deveria se chamar politicamente conveniente, pois de correto não tem nada!), tem sempre várias verdades, pois a doutrina religiosa é boa quando convém a eles e é má quando não convém, principalmente quem é seguidor de uma doutrina filosófica, política ou ideológica que já matou milhões de pessoas. E não me venha com aquela conversa de que a União Soviética não é um socialismo real, Cuba não é um socialismo real, Venezuela não é um socialismo real, a Coréia do Norte não é socialismo real. Sabe por que não é real? Porque eles estão fazendo testes na sociedade e esses testes custam vidas e qualidade de vida também.

    Quantas vezes será preciso aplicar esses testes para ver se vai dar certo? De quantas vidas vão se perder e serão necessárias nessas experiências? Nós não pedimos para ser cobais! Nós queremos nossos direitos de manifestar nossa crença que provém de doutrinas religiosas, filosófica, ideológicas e políticas.

    Atenciosamente,
    Osmar

  4. dimas batista disse:

    Os países em que as eeligioes sao dominantes viven comete el barbarie em nome de deus.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s