Como funciona o aparelho de que mede audiencia na tv e o ibope!


A tecnologia que define grande parte da estratégia dos programas da TV brasileira -e o destino de bilhões de reais em propagandas anualmente- tem como ponto central um aparelho chamado Peoplemeter, uma caixa do tamanho de um decodificador de TV a cabo.

Esse aparelho é usado há mais de 20 anos para medir o hábito dos telespectadores pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), empresa que domina as pesquisas na área.

O Peoplemeter é o “espião” do Ibope na casa do telespectador. Funciona assim: ao ligar a TV, cada morador identifica-se por meio de uma tecla no controle remoto. O aparelho, então, passa a registrar os dados -o horário em que a TV é ligada e desligada, os canais assistidos, as trocas de canais e o tempo gasto em cada canal.

Na Grande São Paulo, os dados do Peoplemeter são transmitidos por ondas de rádio para a sede do Ibope, e a audiência na TV é calculada em tempo real -o resultado é disponibilizado quase simultaneamente aos clientes pela Internet.

Em outras cidades, as informações são coletadas uma vez por dia, por telefone, e divulgadas aos clientes no dia seguinte, após aproximadamente 30 minutos da computação dos dados.

O Ibope utiliza cerca de 6.000 Peoplemeters, que estão instalados em mais de 3.500 domicílios e atingem aproximadamente 14 mil pessoas de nove regiões do país.

A maior região pesquisada é a Grande São Paulo, com 750 aparelhos instalados. A escolha das casas onde os aparelhos são instalados é feita por meio de amostragem, o mesmo princípio usado nas pesquisas de opinião pública do instituto.

Mas não é a quantidade que garante a fidelidade dos dados coletados, e sim a distribuição dos aparelhos. Eles são espalhados pelo país de acordo com a representatividade de cada classe social na população brasileira, medida pelo censo demográfico do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Não é possível definir um padrão de margem de erro, já que ela depende da quantidade de domicílios que colaboram e do índice de audiência estimado de cada minuto, logo varia continuamente. Em São Paulo, por exemplo, cada ponto na audiência representa 52.326 residências, em Porto Alegre, 8.837, e em Recife, 8.814.

Participam da amostra pessoas de ambos os sexos, com mais de quatro anos de idade, que residem em áreas urbanas, fazem parte das classes A, B, C, D ou E. Eles são escolhidos aleatoriamente e recebem alguns brindes ao longo do ano por participar da pesquisa. Os aparelhos medem até quatro televisores por domicílios e todas as formas de recepção (VHF, UHF, Cabo, DTH, VCR).

Os domicílios ficam no máximo por quatro anos na amostra, para garantir uma rotatividade -a cada ano, 25% dos participantes deixam a amostra, assim a cada quatro anos todo o universo pesquisado se renova.

Por contrato, os resultados do levantamento não podem ser exibidos ao vivo nos programas, com o intuito de não estimular uma mudança de hábito que possa ajudar ou prejudicar alguma emissora.

Agora ficamos na duvida sera que a Globo ou outros canais que dão super ibopes não influenciam essas pesquisa ,ou ja tem um “esquema” para essas maquinas tipo ja conhece a pessoa que tem o aparelho,é pq existem programas que dão muito ibope só que é um lixo??? pq se as pessoas ficarem vendo as pesquisas depois nos jornais e na tv ou até mesmo na internet elas serão influenciadas(???),é igual nas eleições ganha quem manipular as pesquisas de jornais e de tv melhor.

Reprodução do aparelho desenvolvido pelo Ibope

Reprodução do aparelho desenvolvido pelo Ibope

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Como funciona o aparelho de que mede audiencia na tv e o ibope!

  1. CKO disse:

    Excelente post parabéns.

  2. emmanuel disse:

    Cara, o post é interessante. Porém sem dúvida alguma é perceptível que você apenas copiou tudo, sua única tentativa de reproduzir algo no último parágrafo foi de um português e tal concordância lamentável.

    Me opondo a sua opnião, qual seria a real vantagem de um canal como a Globo, por exemplo, de manipular o resultado do Ibope por meio dos Peoplemeters?

    A Globo testa seus programas e verifica os resultados por meio dos mesmo índices ali comentados, manipulando-os não existirá veracidade em tal informação o que impossibilitaria a real avaliação do programa junto ao público.

    A única vantagem possível seria a de despertar certo interesse em telespectadores usando como referencial o alto índice obtido.

    Mas a questão é observar, tais programas como o Big Brother Brasil, transmitido pela Rede Globo, se “vendem” sozinhos, todos vão de conformidade com o perfil de consumo televisivo.

    O caráter informativo está ótimo, porém sua hipótese ainda não está muito fundamentada.

    No mais, sucesso ao blog.

    • lucasrocksp disse:

      A concordancia e essas coisas é complicadoé muita regra só se eu fosse um professor de portugues, e e tem q escrever em uma linguagem q o pessoal entenda ,agora escrever tudo “culto” não resolve nada que adianta um texto bonitinho com uma linguagem dificil, o texto tem q ser claro e obvio,…agora na questão da globo a opnião é sua e deve ser respeitada,mas foi bem legal vc dar dicas e opniões pq assim da para melhorar sempre e quem sabe um dia de pra escrever em um portugues 100% correto…

  3. josé anastacio das neves disse:

    Estes tais peoplemeter usados para medir o ibope, as emissoras podem muito bem infuenciar os usuários para ficar assistindo seja lá o que for, em troca de algum benefício.
    Não dá pra confiar neste sistema

  4. EMMANOEL SEU BURRO disse:

    A PARTIR DO IBOPE QUE OS ANUNCIANTES ESCOLHEM O CANAL PARA ANUNCIAR SE A GLOBO MANIPULASSE ELA GANHARIA EM UM COMERSIAL A MEDIA D 2.5000 DEPENDENDO DO IPOBE PENSOU TUDO ISSO POR 30 SEC. ATE EU MANIPULARIA

  5. EMMANOEL SEU BURRO disse:

    ERREI A MEDIA E DE 250.000

  6. Luis disse:

    O problema do Ibope começou quando o mesmo resolveu, por comodidade, medir a audiência da grande São Paulo como se você a audiência nacional, e o pior que isso já dura mais de uma década, e ninguém se levantou contra isso. Soube a pouco tempo que tal fato ajudou a afundar a antiga manchete, pois essa não tinha base em São Paulo, como todas as outras, e nem o cacife da globo que transferiu metade do seu pessoal para lá.

  7. Rimundo Bernardo Oliveira Silva disse:

    Este publicado sobre o aparelho que e usado para medir os habitos dos telespectadores da televisão brasileira, foi muito importante eu ter encontrado na internet porque justamente estou estudando sobre audiencia,nos programas que são passados por todas as televisões.Nas quais os anunciantes divulgam as suas propagandas nos intervalos de cada programação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s