Quantas dimensões a física conhece?


Quantas dimensões a física conhece?

Oficialmente, apenas quatro, mas há teorias que sugerem até dez dimensões. Uma das correntes científicas que defendem as dez dimensões é a Teoria das Supercordas, que afirma que as dez dimensões interagiriam entre si como as cordas de um violino. Mas tudo fica só na especulação: os próprios cientistas admitem que, com a tecnologia – atual, ainda não é possível comprovar as dez dimensões.

Os dez mandamentos

Na Teoria das Supercordas, dimensões vão de uma simples reta até um conjunto de big-bangs

1. Antes da primeira dimensão, existe a dimensão zero, que é apenas um ponto. A conexão entre dois pontos forma a primeira dimensão, que é uma reta. Nosso conceito de largura vem dessa conexão entre os pontos

2. O plano é a segunda dimensão. Para ser bidimensional, um objeto precisa de dois valores numéricos (correspondentes aos nossos conceitos de largura e comprimento) para ser situado, porque ele tem dois eixos

3. A terceira dimensão é o espaço. Para um objeto, isso significa ganhar profundidade e se tornar tridimensional, ou seja, ser dono de três valores numéricos que o situem (largura, comprimento e profundidade)

4. A quarta dimensão é a duração ou o tempo. Ela é a linha que leva cada ser quadrimensional (como nós, seres humanos) do começo (eu bebê) ao final da existência (eu velhinho). Nós não percebemos essa dimensão, por isso não podemos voltar ou avançar no tempo para ver nossos “eus” passados e futuros

5. Na quarta dimensão, a cada momento, uma série de variáveis define o que seremos no instante seguinte. A versão que fica (o eu “normal”) é apenas uma entre infinitas que poderiam rolar (como o “eu viking”, “eu pirata” e “eu palhaço”). A quinta dimensão é o conjunto de todas essas versões

6. A sexta dimensão é o caminho entre as possibilidades da 5D. Seria como se todas as suas infinitas versões estivessem dispostas em um plano, como uma folha, e você pudesse dobrar essa folha, encostando um lado (o “eu normal”, por exemplo) em outro lado (como o “eu viking”)

7a. Os vários “eus” possíveis da 6D estão dentro de um universo. A sétima dimensão pega o conceito de linha temporal da 4D e aplica a todo esse universo, traçando uma linha do tempo que começa no big-bang, evento que teria dado início a tudo

7b. Mas não é só: a sétima dimensão também diz que, assim como cada um de nós, o universo também pode ter várias versões, e estabelece que existem universos alternativos ao nosso, originados do mesmo big-bang

7c. O “nosso” big-bang é apenas uma possibilidade. Podem existir outros big-bangs diferentes que podem ter dado origem a outros universos, os quais também podem ter infinitas versões. A 7D reúne todos os big-bangs e todos os infinitos universos possíveis

8. Imagine que cada uma dessas bolinhas da imagem acima é um dos big-bangs (com seus respectivos universos derivados) existentes na sétima dimensão. A oitava dimensão é um vértice, um ponto de intersecção a partir do qual se pode chegar a qualquer uma das “bolinhas”

9. Partindo da figura da 8D, imagine que o vértice é um ponto onde o plano formado antes pode ser dobrado. A nona dimensão nada mais é do que uma dobra nesse plano, para encostar um big-bang no outro e permitir viajar entre eles – como as viagens entre os “eus” na 6D

10. A décima dimensão é o conjunto de todos os caminhos para todos os big-bangs, que dão origem a todos os universos. Imagine pegar todas as nove dimensões e juntar tudo num pontinho. Essa é a décima dimensão – o fim do caminho, de onde não há mais para onde ir

fonte:mundo estranho
About these ads
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

16 respostas para Quantas dimensões a física conhece?

  1. DiegoPaja disse:

    Não sei se as dimensões são apenas isso…

    Mas eu penso assim… nós vivemos em um mundo tridimensional, que é influenciado por uma quarta dimensão (o tempo), mas imagina se nós vivêssemos num mundo Bidimensional e fossemos influenciados pela terceira dimensão.

    Seria mais ou menos isso… se no mundo plano (muno onde não existe a profundidade) você fosse um quadrado e no mundo tridimensional uma esfera passasse pelo seu plano, você só veria um círculo pequeno aparecer do nada, aumentar e diminuir, finalmente desaparecendo novamente. Vc só perceberia a parte de duas dimensões da esfera, que é representada pelo círculo.

    Então, eu não acho q o tempo é apenas tempo, poderia também, representar uma forma, mas uma forma inconcebível para o nosso mundo ou para os nossos olhos. Como a esfera, que é inconcebível para o mundo bidimensional, assim o quadrado só perceberia sua circunferência. Acho q é mais ou menos isso que ocorre conosco e a quarta dimensão.

    Isso já leva para outro assunto… algumas criaturas estranhas são “vistas” por alguém (ou pelo menos alguém acha que viu). Algumas dessas criaturas, ou coisas, ou sei lá oq!”? Podem ser apenas a parte tridimensional de outra coisa tetradimensional.

    Desculpe a confusão, é q estou com sono

    • Denyson disse:

      Mas o fato de vermos um circulo no suposto mundo plano, ja infere que nós temos profundidade, negando portanto a ideia de um mundo de 2 dimensões. Se uma esfera passasse por essa dimensão, nós veriamos um seguimento. cresecendo e então diminuindo. Correto?

    • Rogerio disse:

      Legal, concordo.

      No nosso cotiano nós percebemos a “ação” do tempo em nosso mundo “3D”. Porém perceber o “ação do tempo” não é a mesma coisa que perceber o “tempo”.

      Como diria o arqueiro Zen: o dedo que aponta para a lua não é a lua.

  2. chicobkz disse:

    Caramba! Essa teoria é realmente de fundir a cuca!
    prefiro ficar aqui no meu universo quadridimencional mesmo… parece mais seguro, rsrsrs!
    Gostei do blog e do post… já botei no ” favoritos”.

  3. Pingback: Cern: acelerador ‘funciona bem demais’ « Chicobkz's Blog

  4. '-' disse:

    entendi porra nenhuma ——‘

  5. Max disse:

    realmente interessante, não conhecia essa teoria das 10 dimenções…
    é tão logico que chega a ser ilógico.

  6. @lgwinckler disse:

    “Imagine que cada uma dessas bolinhas da imagem acima é um dos big-bangs (com seus respectivos universos derivados)”

    Se copiou coloque a fonte, não é roubando matérias que um blogueiro ganha credibilidade.

    Ou simplesmente insira a “figura acima”

  7. @lgwinckler disse:

    ESQUECE esse meu comentário anterior, não tinha lido o “fonte:mundo estranho”

    Mals :S

  8. Petrus disse:

    10 dimensões se a Teoria de Cordas incluir Super Simetria. Se não incluir, a teoria precisa de 26 dimensões para existir.

  9. jura disse:

    Realmente muito interessante

  10. Reinaldo disse:

    Affe, não é nada disso! Até a 3ª dimensão tava coerente, mas a quarta não é o tempo! E as outras 6 também tão erradas! E estima-se que existam 19 dimensões (+ a dimensão zero, do ponto), e não apenas 10! E nós somos seres 3D!!! O que diferencia uma dimensão são os eichos ortogonais! Tempo por acaso é eicho ortogonal?! E nós não podemos imaginar como seria uma dimensão superior.

    Santa burrice! Isso não tem nenhuma base científica, é só baboseira!

  11. Bruno disse:

    A Teoria das Supercordas já foi “descartada” a um bom tempo. Entre aspas porque, na verdade, ela foi fundida com a Teoria da Supergravidade, que sugere 11 dimensões e não apenas 10, e com a Teoria dos Universos Paralelos. Daí, foi refinada até chegarmos na Teoria M. E essa teoria nos permite explicar não apenas o que aconteceu após o Big Bang, mas o que aconteceu durantes e antes.
    Não leve o site Mundo Estranho muito a sério. Eles nunca atualizam seus artigos e várias notícias postadas lá são um tanto ultrapassadas. Isso quando não são completamente erradas.
    Se quiser mesmo saber mais sobre o assunto, p/ começar, veja este canal do Youtube:

    http://www.youtube.com/user/direstraits25#g/u

    Esse cara faz o upload de praticamente todos os documentários Da Discovery, History Channel, National Geographic Channel e de outros canais gringos, como a BBC, todos com as devidas legendas. Pode ter certeza de que estes documentários são bem mais confiáveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s